Advogado Trabalhista Causas Bancarias

Advogado Trabalhista Causas Bancarias

Especializados em Direito dos Bancários

Consulte Advogado Trabalhista especialista em Ações contra Bancos e Sindicato dos Bancários.

Nossos Advogados trabalhistas Bancários atuam na Zona Sul, Zona Leste, Zona Oeste, Zona Norte, Centro, Barra Funda, Osasco, Barueri, Alphaville, Tamboré, Santana do Parnaíba, Cotia, Itapevi, Jandira Taboão da Serra, Santo André, São Bernardo, São Caetano do Sul, Diadema e região.

Temos advogados especialistas em Direito Trabalhistas, atuantes na defesa de empregados e empresarial em questões de Horas Extras, Assédio, Terceirização, PJ – Pejotização, Cooperativas, Direitos dos Bancários 7a e 8a hora e todos os direitos trabalhistas.
Site de advogados especialistas em Direito do Trabalho em São Paulo (SP). Encontre um advogado trabalhista em São Paulo (SP).
Escritorio de Advocacia Trabalhista
Advogado Trabalhista Causas Bancarias

Advogado Trabalhista Bancário

O Escritório Santos Advocacia trabalhista conta com o advogado trabalhistas especializados em Direito trabalhista e processual do trabalho.

Agende uma consulta com nossos especialistas – Santos Advogados |Fone| Whatsapp 111195268-8386, Consulte.

O que é a 07ª e 08ª hora, cargo de confiança?

Os BANCÁRIOS tem regras do direito trabalhista fixadas na CLT nos artigos 224 e 226, nas súmulas do TST e na Convenção Coletiva da Categoria dos bancários.

Importante salientar que você bancário, além dos direitos comuns dos trabalhadores (horas extras, adicional noturno, adicional de insalubridade, indenização por acidente de trabalho, FGTS) tem alguns direitos específicos da classe de bancários, como por exemplo, duração normal da jornada de trabalho de 6 (seis) horas e 30 (trinta) horas diários.

Muitos não sabem e acabam tendo o direito abusado e trabalham além de 6 (seis) horas e 30 (trinta) horas diários, ou seja, contrariando as regras pois, somente bancários que exercem cargos de chefia ou confiança (direção, de gerência ou equivalente) podem ter a jornada de trabalho de 8 (oito) horas diárias e 40 (quarenta) horas semanais – fora estes casos, são devidas as 7ª e 8ª horas.

Os Fóruns Trabalhistas vêm trazendo diversos casos onde os bancos são condenados – como por exemplo:

  • BANCÁRIOS. CARGO DE CONFIANÇA. A banalização do cargo de confiança no âmbito dos bancos é um fato já exaustivamente comprovado. Não constituem características inerentes à exigência de fidúcia especial a inexistência de controle ou fiscalização de horário, o acesso a informações cadastrais e a possibilidade de gerar prejuízos de monta (risco que, de uma forma ou de outra, ronda todo empregado que opere com dados e valores de qualquer espécie ou quantidade). Entender que a configuração do cargo de confiança está submetida exclusivamente ao livre arbítrio do empregador é, certamente, um dos principais motivos que transformou o crédito de confiança, nas relações de trabalho bancário,em crédito análogo ao mercantil, condição que os bancos passaram a exigir indiscriminadamente de seus funcionários,apenas porque lucrativo para a empresa, a ponto de levar o seu exercício à vulgarização e ao descrédito – (2980259211 SP 02980259211, Relator: WILMA NOGUEIRA DE ARAUJO VAZ DA SILVA, Data de Julgamento: 17/05/1999, 8ª TURMA, Data de Publicação: 15/06/1999).
  • RECURSO DE REVISTA . HORAS EXTRAS. CARGO DE CONFIANÇA. A Corte Regional afastou a incidência do art. 224, § 2º, da CLT, sob o fundamento de que a reclamante não ocupou cargo de chefia, não era responsável pelo setor onde trabalhava, não tinha subordinados e cumpria tarefas meramente administrativas. Violação do art. 224, § 2º, da CLT, contrariedade às Súmulas 166, 204 e 232 desta Corte (atual Súmula 102, itens I, II e IV) e divergência jurisprudencial não demonstradas.. (…)Recurso de revista a que se dá parcial provimento – (14826/2002-900-02-00.9, Relator: Fernando Eizo Ono, Data de Julgamento: 18/11/2009, 4ª Turma, Data de Publicação: 11/12/2009).
  • BANCÁRIO. GERENTE QUE NÃO GERENCIA. DIREITO À JORNADA REDUZIDA. Irrelevante o nomen juris atribuído pelo Banco, se a prova dos autos patenteia que a reclamante, embora com os pomposos rótulos funcionais de “Gerente Rel. Personal, Gerente Rel. Personal Bank e Renegociador Senior”, efetivamente não exercia mister gerencial algum, dedicando-se a atividades burocráticas, de mera rotina bancária, sem subordinados, e jungida a rígido controle de ponto, em todo o período laborado, não atuando com investidura de poder na forma preceituada no parágrafo 2º do artigo 224 da CLT. Como considerar gerente quem a ninguém gerencia? O fato de perceber gratificação não inferior a 1/3 do salário do cargo efetivo não é suficiente a caracterizar o nível gerencial ou de confiança, vez que a circunstância, in casu, apenas contemplava a ligeira responsabilidade técnica do cargo,e portanto, tratava-se de um plus salarial que, como tal,deve compor o salário da empregada, para fins de cálculo e pagamento das horas extras excedentes de seis trabalhadas a cada dia – (279200701502004 SP 00279-2007-015-02-00-4, Relator: RICARDO ARTUR COSTA E TRIGUEIROS, Data de Julgamento: 19/05/2009, 4ª TURMA, Data de Publicação: 29/05/2009)

Assim, está mais que provado que o bancário que não exercia função de chefe ou gestão, ele tem direito a ser indenizado pelas 7ª e 8ª hora (sétima e oitava hora), devidamente acrescidas com o adicional de 50% (cinquenta por cento da hora normal) sobre o valor da hora normal e ainda todos os reflexos nas verbas tais como: FGTS, férias, 13º entre outros

Somos um Escritório de Advocacia Trabalhista, com Advogados especialistas em direitos trabalhistas, rescisão, acertos, cálculos, acordos, rescisão com e sem justa causa.

Temos Advogados Trabalhistas com especialidade em direito trabalhista bancário (causas contra bancos – 7ª e 8ª hora), Danos Materiais e Morais, Horas Extras não pagas, etc.

Nosso Escritório de Advocacia Trabalhista tem especialistas em direito bancário trabalhou por vários anos em Bancos, conhecendo todos os trâmites jurídicos que ocorrem em bancos.

Advogado Trabalhista Causas Bancarias

Dispomos sempre se um Advogado Trabalhista Causas Bancarias 24hs através do e-mail contato@advbr.com.br e Fone/Whatsapp 1199911-4671 – para melhor atende-lo – Consulte.

Como Advogado Trabalhista Causas Bancarias , atuamos na defesa dos Direitos Trabalhistas de Trabalhadores que tiveram seus direitos trabalhistas lesados.

Consulte sempre nosso Advogado Trabalhista Causas Bancarias especialista, para pleitear seus Direitos não pagos – como 7ª e 8ª hora do bancário, 13º salário, Férias, FGTS e outros – tanto dos trabalhadores CLT, quanto dos que são induzidos a trabalhar como Pessoa Jurídica e não recebem seus direitos.

O escritório de advocacia Santos – Advogados Trabalhistas atende São Paulo – SP, Grande São Paulo, interior de São Paulo, litoral e todos os bairros da zona Oeste, Leste, Norte e sul.

Temos escritório no Morumbi São Paulo, Barueri e em Osasco para melhor atender nossos clientes – também dispomos de advogados parceiros no interior de São Paulo e litoral. Em todas as regiões atendidas, a localização central e proximidade dos Fóruns, proporcionam relacionamento frequente e ágil com as equipes das juntas (oficiais, cartórios, escrivães, entre outros), bem como o acesso fácil para o cliente final.

Direitos dos Bancários

Atuamos pleiteando os direitos dos trabalhadores como:

  • Não pagamento de salário ou saldo de salários;
  • Não pagamento de 13o. salário proporcional (conta-se o direito a partir de 15 dias);
  • Não pagamento de aviso prévio (se optou pelo pagamento);
    Não pagamento de férias proporcionais, incluindo o 1/3 (um terço) Constitucional;
  • Não recolhimento de FGTS ou da multa de 40% (quarenta por cento) sobre o total dos depósitos efetuados na conta do FGTS do empregado (solicitar extrato do FGTS a Caixa Econômica Federal na data da demissão para efetuar esse cálculo);
  • Direito dos trabalhadores bancários – 7ª e 8ª hora e reflexos;
  • Direito dos trabalhadores pessoa jurídica – Funcionários em que foram contratados como PJ, porém atuaram como CLT – pleiteamos todos os direitos acima;
advogado trabalhista bancário
advogado trabalhista bancário

Consulte através do e-mail contato@advbr.com.br e Fone/Whatsapp 1199911-4671

Consulte a Justiça do Trabalho – http://www.trtsp.jus.br/ – Veja os demais posts como:

Direitos do Trabalhador em Caso de Rescisao

Vinculo Trabalhista

Rate this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.